Blog Intranett

Blog do software de gestão de projetos, tarefas, arquivos, pessoas e comunicação.

Comunicação Interna

Ruídos na Comunicação: 5 dicas fáceis para evitar

Ruídos na comunicação: Este é um assunto que prejudica de alguma forma o andamento das atividades da sua empresa? Se sim, fique tranquilo! A maior parte dos negócios enfrenta o desafio de driblar essas falhas em busca de êxito em seus processos.

Através da comunicação decisões são tomadas, estratégias fomentadas e metas estabelecidas.

Portanto, para melhorar o dia a dia e o andamento do negócio é imprescindível saber como otimizar a comunicação interna. Transformar um ato simples em uma ferramenta de crescimento é o pontapé inicial para melhorar os números e conquistar o sucesso.

Veja neste artigo tudo o que você precisa saber sobre ruídos na comunicação e como evitá-los.

O que são ruídos na comunicação, afinal?

Teoria da comunicação

Comunicar-se é de fundamental importância em diferentes contextos e no mundo corporativo isso não é nenhum pouco diferente. Os gestores sabem e valorizam este processo que, inúmeras vezes, está ameaçado pelos conhecidos e estudados ruídos na comunicação.

Como se vê na imagem são três os personagens da comunicação: O emissor, que emite uma mensagem; a própria mensagem; e o receptor, que a recebe. O sucesso depende do bom desenvolvimento de todo o conjunto.

Potencialmente perigosos para o dia a dia da empresa, esses ruídos, falhas ou fofocas no trabalho são responsáveis por uma grande perda. E olha que esses prejuízos nem sempre são financeiros.

Vale lembrar que sem o foco e a correta comunicação perde-se capital humano e inteligência para lidar com situações corriqueiras. Uma má interpretação pode diminuir ou até mesmo acabar com a qualidade de um projeto.

E você sabe qual é a definição de ruídos na comunicação? Segundo o autor Gessner, esses ruídos são perturbações e falhas indesejáveis, que causam danos para a mensagem transmitida.

Podendo atingir a comunicação oral ou escrita, esses desvios são comuns na maior parte das empresas e sabe por quê? Nem sempre é dado o devido valor na hora de emitir um comunicado ou aviso. Mensagens mal elaboradas, os emissores pouco compromissados e ainda falta a compreensão de quem recebe ou ouve o conteúdo.

Para ter um negócio harmônico, trabalhando favoravelmente para o crescimento, é imprescindível acabar com os ruídos na comunicação! Entenda as principais causas deles acontecerem a seguir.

Causas comuns dos ruídos na comunicação

As causas mais recorrentes dos ruídos na comunicação são aquelas vindas da linguagem, do local, do canal utilizado e do momento. Entenda melhor cada uma delas:

  • Ruídos e falhas da linguagem: O uso de um linguajar rebuscado ou repleto de palavras técnicas também pode dificultar muito a compreensão da mensagem. Ou ainda, se uma pessoa falar em português e a outra em russo não haverá compreensão, certo? É realmente importante que a comunicação seja feita a partir de uma linguagem comum entre o emissor e receptor;
  • Ruídos e falhas do local de trabalho: Quanto mais disperso, barulhento e cheio for o ambiente de trabalho, maior será a dificuldade do receptor em entender a mensagem. Para total compreensão, em determinados casos, é preciso tranquilidade para a assimilação da mensagem, por exemplo;
  • Ruídos e falhas no canal de comunicação: Escolher erroneamente por onde transmitir as mensagens e avisos também prejudica muito o andamento do trabalho. Nesse contexto, definir um canal como oficial é de fundamental importância;
  • Ruídos e falhas referentes ao momento: Mesmo que todos os cuidados sejam tomados antes da transmissão, é essencial levar em conta o momento particular do receptor. Se seu colaborador estiver com problemas pessoais, por exemplo, pode ter sua atenção desfocada prejudicando a eficiência da mensagem.

Quer acabar de uma vez por todas com os ruídos na comunicação interna do seu negócio? Veja agora algumas dicas e passos sobre como começar a fazer isso hoje mesmo!

5 dicas para evitar os ruídos na comunicação

Dicas para evitar ruídos na comunicacao

1. Fomente a cultura do diálogo

Para evitar os ruídos na comunicação interna da empresa é essencial estabelecer uma cultura do diálogo entre todos os colaboradores. Essa abertura pode, inclusive, resultar em excelentes melhorias para o dia a dia organizacional!

Um relacionamento sadio e bastante compreensivo entre as partes de uma organização é propiciado a partir de um diálogo eficiente. Quando se opta por fomentar este tipo de canal, os gestores previnem a empresa de ter ruídos na comunicação.

Prejudiciais, como já visto, essas falhas não encontram caminho quando a postura assumida permite uma conversa mais aberta e eficiente. Nesse contexto, não existe abertura para fofocas, por exemplo, otimizando-se o tempo de trabalho.

Na cultura do diálogo há espaço suficiente para que os colaboradores conversem tanto entre si quanto com os seus superiores. Essa conversa é sempre clara e bastante concisa, direcionada e bem focada em todo o trabalho. Evidentemente seu maior objetivo é melhorar os resultados atingidos pelo negócio.

2. Engaje a equipe e promova a integração

A melhor e mais competente equipe de trabalho precisa estar engajada com os objetivos da empresa para que os resultados surjam. É justamente este direcionamento que propicia um ambiente mais seguro e saudável para se trabalhar.

Desta forma, investir no engajamento dos colaboradores, além de diminuir os ruídos na comunicação também estimula na concretização das metas.

Mais do que uma etapa para extinguir as falhas na comunicação, promover o engajamento e a integração é uma oportunidade. Os momentos de descontração, como a hora do café, podem ser usados a favor da gestão para a promoção de conversas saudáveis.

Esses instantes de integração são importantes por diminuir os espaços abertos para fofocas e ruídos. Todos podem conversar nessas circunstâncias e assim, os laços são estreitados entre todos aqueles que se permitem participar desse momento.

3. Tenha canais oficias de comunicação na empresa

Um ponto muito importante tratando-se das falhas e ruídos na comunicação é a falta de definição por um canal oficial. Quando a empresa emite comunicados ora por um canal, ora por outro, cria-se um sentimento de incerteza nos colaboradores. Quais mensagens são oficiais? Quais comunicados e ordens devem ser acatados?

Quando o gestor opta por definir e comunicar a todos sobre os canais oficiais de comunicação tudo fica mais simples. Desta forma não existe insegurança em seguir determinada ordem, por exemplo. Se ela foi emitida a partir do canal predefinido está tudo certo!

Hoje são vários os canais de comunicação que podem ser usados dentro de um negócio. Um exemplo deles é o WhatsApp. Será que esse tipo de canal dá resultado e pode ser considerado como certo? A resposta para essa questão deve levar em conta o perfil da empresa e de cada colaborador.

Infelizmente, canais como esse citado podem se tornar espaços para conversas desfocadas. Quando uma decisão importante tiver que ser tomada, dificilmente será possível contar com a segurança desse canal. Assim é importante avaliar quais são os meios mais eficientes e com melhor retorno para essa relação.

4. Solicite a confirmação da compreensão da mensagem emitida

Pronto, temos o canal definido para encaminhar mensagens e comunicados. Agora é hora de ter certeza de que o receptor compreendeu o que você quis dizer! A comunicação somente é válida se uma parte souber expressar sua necessidade e a outra puder compreender qual ela é.

Sendo assim, é realmente importante estimular sempre o feedback dos colaboradores. Em cada emissão, solicite uma resposta que confirme a compreensão sobre a mensagem encaminhada. Pergunte se há dúvidas e sempre abra espaço para que o outro dê sugestões também a cerca do que está sendo decidido.

Esses cuidados permitirão uma melhor e maior participação das partes e ninguém ficará desta forma, de fora. Tal postura garante que ninguém fique sem ter entendido o recado ou com dúvidas sobre como por em prática.

Vale destacar, por fim, que todos os canais de comunicação podem sofrer falhas e ruídos. Desta forma, mesmo que você encaminhe um vídeo ou um áudio detalhado explicando algo ao colaborador, é possível observar erros. Afinal, ele pode não compreender a mensagem deixando os resultados a desejar graças a isso.

5. Trabalhe com a tecnologia: Adote sistemas de comunicação

Entre todas as dicas dadas sobre como diminuir os ruídos na comunicação não poderia faltar uma importante ressalta: Os sistemas! Vivemos na era da tecnologia e não usá-la significa negligenciar o crescimento e os ganhos do negócio. Você e a empresa já adotaram um software de comunicação? Se ainda não, com certeza essa é a hora de adotar!

Definir um sistema significa centralizar dados, encaminho de avisos e comunicados e muito mais em um único lugar. Esse tipo de tecnologia economiza tempo, otimiza o trabalho e melhora potencialmente os resultados da empresa e por isso não deve ser ignorado.

Além de impactar positivamente na comunicação, definir o sistema permite o acompanhamento das atividades que estão sendo desenvolvidas na organização. Este tipo de implantação ainda resulta na melhor observação dos resultados atingidos cotidianamente pela empresa, estimulando a criação de novas estratégias.

Investir em softwares intranet, por exemplo, com certeza eliminará inúmeras falhas comuns aos processos de comunicação. A partir do momento em que se opta por trabalhar com um sistema próprio para a resolução do problema, são visíveis os bons resultados da escolha!

Gostou das dicas que foram dadas sobre como evitar os ruídos na comunicação da empresa? Então aproveite para compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais e contribua com os seus colegas também!

Deixe um Comentário